Desolate Era – Livro 2, Capítulo 19 – Entrando na Cidade

Anterior | Índice | Próximo


 

Em uma área conectada rodeada por grandes cercas altas. Essas cercas tinham seis metros de altura e se uniam firmemente. Enxames de bestas definitivamente não seriam capazes de passar por elas. Dentro das enormes cercas de madeira, havia casas de pedra e de madeira, grandes números de homens vestidos de peles, mulheres, crianças e pessoas idosas vivendo suas vidas aqui.

Esta era uma tribo muito comum, tendo uma população de vários milhares.

— Meu filho foi capturado dentro dessas dezenas de quilômetros! — O homem vestido de preto entrou em uma floresta da montanha, em direção ao enorme portão tribal. — E esta é a tribo mais próxima do lugar que ele foi levado.

— Pare.

— Pare.

O portão principal da tribo estava fechado e, em cada lado dele, havia duas torres de vigia. Cada torre tinha cinco poderosos guerreiros vestidos de besta. Todos eles tinham seus arcos tensionados e flechas posicionadas, mirando no distante homem vestido de preto que se aproximava.

— Forasteiro, declare suas intenções. — Um guerreiro na torre de vigia disse irritadamente.

O homem de preto olhou de soslaio para ele, como se olhasse para uma formiga. Seus passos não pararam e continuaram em direção ao portão.

Os dez guerreiros na torre de vigia ficaram com raiva…

— Matem-no! — Instantaneamente, dez grandes arcos dispararam ao mesmo tempo! Beng! Beng! Beng! Uma flecha atrás da outra assobiaram pelo ar na direção do homem vestido de preto, cada uma delas contendo força suficiente para destruir pedregulhos ou destruir árvores grandes. Mas quando essas dez flechas chegaram perto dele, todas elas foram, zizizi…

O eixo das flechas racharam e desintegraram.

Ele continuou andando.

— Nada bom. — Os dez guerreiros na torre de vigia ficaram alarmados e um deles pegou seu chifre e soprou forte!

Wu, wu, wu!

O som profundo do chifre foi poderoso e penetrante. Rapidamente se espalhou por toda a tribo e o povo da tribo pegou suas armas enquanto se reuniam. A fim de sobreviver neste mundo… homens, mulheres, crianças e idosos tinham que agir como guerreiros temperados em batalha.

Quando o porta tribal se reuniram e começaram a rugir e se apressarem em direção ao portão….

Shua!

Aquele portão negro de madeira e ferro incomparavelmente espesso explodiu repentinamente, se transformando em incontáveis pedaços de lascas que voaram para longe. Cada lasca era mais assustadora do que as flechas dos arqueiros da tribo e, num piscar de olhos, dezenas de guerreiros perto do portão morreram ou foram mutilados. Sangue manchou o chão, mas os guerreiros não estavam com medo. Em vez disso, avançaram com rugidos ainda mais furiosos.

— Esperem! — Um grito ecoou.

Um velho de cabelos brancos vestido em peles de besta se transformou em um borrão quando investiu para o chão vazio em frente do portão.

Os furiosos guerreiros tribais pararam enquanto olhavam para o velho que usava uma pele cinza de besta. Ele era o líder da tribo.

— Poderoso herói, posso perguntar, o que a nossa Tribo Lâmina Dourada pode fazer para ajudar-lhe? — Fez uma reverência respeitosa. Alguém capaz de destruir o portão somente liberando sua energia interna era, sem dúvida, uma forma de vida Xiantian e, elas, mesmo entre a hegemonia do local, o clã Ji, eram pessoas com status extremamente elevados.

Neste momento, o homem vestido de preto entrou vagarosamente.

— Te pergunto. — Olhou para o velho de cabelos brancos. — Houve algum monstro serpente recentemente na área?

— Monstro serpente? — O velho refletiu e depois assentiu apressadamente. — Houve. Recentemente, um monstro serpente apareceu e muitas tribos pequenas foram devastadas por ele. Uma semana depois, as tribos enviaram as notícias ao clã Ji… e eles enviaram seus cavaleiros de armadura negra para lidarem com aquele monstro serpente calamitoso.

Seus olhos estreitos brilharam com luz fria.

Então foi realmente o clã Ji!

O clã Ji era uma organização poderosa nessa área. Mesmo um monstro antigo como ele não queria incomodar. Anteriormente, imaginou que deveria ter sido o clã Ji que capturou seu filho Ponta Escarlate e agora parecia que era realmente o caso.

— Morto ou capturado? — Continuou perguntando.

— Levado vivo. — Disse. — O clã Ji enviou seus cavaleiros, que capturaram o monstro serpente vivo e depois voltaram. Provavelmente, ele está na Cidade da Prefeitura Oeste!

— Cidade da Prefeitura Oeste? — Seus olhos tinham um indício de fogo escondido dentro deles. O fogo da raiva.

Cidade da Prefeitura Oeste, para Monstros Atrozes, era o lugar mais perigoso possível.

Era onde se encontrava os especialistas da clã Ji da Prefeitura Oeste! Monstros Atrozes não se atreviam a ir lá. Se seu filho estivesse lá… a chance de conseguir resgatar seu filho e trazê-lo de volta era muito, muito baixa.

— Humano. — Olhava para o velho de cabelos brancos. Sua voz foi fria. — Você sabe quem eu sou?

Quando foi chamado de “humano”, seu rosto mudou instantaneamente.

Monstro!

E era um aterrorizante Monstro Atroz que poderia tomar forma humana!

Huhuhu…

A temperatura caiu de repente e uma vasta camada de geada começou a aparecer. Até plumas de neve começaram a cair. A temperatura assustadoramente baixa começou a se espalhar e os guerreiros tribais rapidamente foram congelados e depois estilhaçaram em pedaços pequenos.

— Fujam, depressa! — Nos cabelos e sobrancelhas do velho formaram uma camada de gelo e os tribais atrás dele rugiram: — Um Monstro Atroz! Fujam, fujam!

— Fujam, depressa.

Todos os tribais rangeram os dentes, suportando a dor e raiva quando começaram a fugir. Muitos outros guerreiros tribais gritaram heroicamente quando atacaram o homem vestido de preto como demônios enlouquecidos, mas quando chegaram perto dele… a camada de gelo em seus corpos ficou mais espessa e elas rapidamente viraram estátuas de gelo.

A energia interna do velho lutava valentemente. Ele rugiu gaguejando:

— Você ousa provocar o poderoso clã Ji?

— Provocar? — Seus longos cabelos pretos tremulavam no ar. Seus olhos brilharam com uma luz vermelha escarlate. — O monstro serpente era meu filho, meu mais amado filho. Não vou apenas provocá-los, também vou invadir a Cidade da Prefeitura Oeste!

Roaaaar!

Um rugido furioso e avassalador.

Ele se transformou em uma enorme serpente enrolada e preta que pairava no meio do ar. Suas enormes asas escamadas se estenderam totalmente, como uma rede maciça que bloqueava o sol do povo tribal. Eles que haviam se espalhado para todas as direção, levantaram as cabeças e viram essa visão aterrorizante e se encheram com um terror absoluto.

— É o Serpente Alada!

— É o Monstro Atroz do Lago da Serpente Alada!

Nenhum guerreiro tribal agora tinha a ideia de revidar. Desde que nasceram, ouviram as lendas antigas do Monstro Atroz do Lago da Serpente Alada. Sabiam quão assustador era o Serpente Alada. Não tinha como sua Tribo Lâmina Dourada poder lutar contra esse tipo de Monstro Atroz aterrorizante!

— Morram!

— Todos vocês devem morrer!

O enorme Serpente Alada encobriu a área com suas asas maciças, com sede de sangue em seus olhos vermelhos escarlates. Ele repentemente abriu sua boca enorme e Exalou.

Huuuuuu.

Um interminável vento negro e congelante surgiu, tão forte que até uma camada do chão foi arrancada e algumas casas de pedra desabaram. A grande quantidade de vento rapidamente cercou toda a área por quase dez quilômetros.

Coff, coff.

O povo tribal tiveram suas gargantas, seus corpos rapidamente ficando preto-piche.

— Não. — Uma mulher segurava seu filho, com lágrimas escorrendo pelo rosto como um rio.

— Um Monstro Atroz, o clã Ji definitivamente nos vingará! — Um guerreiro poderoso que atingiu o pico do poder em energia interna parou sua própria respiração, mas o gás venenoso penetrou sua pele. No último momento da sua vida, tudo que pôde fazer foi soltar esse grito amargo.

Logo….

O território da Tribo Lâmina Dourada se transformou em uma terra desolada e silenciosa. Nenhum vestígio de vida ou som. Todo o povo tribal da Tribo Lâmina Dourada tinham sido transformados em estátuas de gelo, estilhaçaram em pedaços ou envenenados até a morte. Toda a área por quase dez quilômetros… se transformou em um ossuário. Até mesmo insetos venenosos foram envenenados até a morte.

O enorme Serpente Alada bateu suavemente as asas enquanto olhava para baixo. Depois de sentir que toda a vida se foi, casualmente voou para longe em alta velocidade, desaparecendo no céu.

 

~*~

 

A noite chegou. Um vento frio soprava sombriamente. A distante Cidade da Prefeitura Oeste se estendia até o horizonte.

Swoosh!

Uma sombra negra facilmente passou pelas paredes, evitando os cavaleiros em patrulha e entrou furtivamente na cidade.

— Meu filho, onde você está?

O homem vestido de preto começou a procurar dentro da Cidade da Prefeitura Oeste.

Esta era a primeira vez que o Monstro Atroz, Serpente Alada, entrou na Cidade da Prefeitura Oeste. Depois de investigar por um bom tempo, descobriu, com dor: — Monstros que são levados vivos são entregues a cidade interna. E é o lugar onde o clã Ji vive. É protegido muito rigorosamente. Há muitas formas de vida Xiantian vivendo lá… é impossível eu poder entrar furtivamente.

Entrar furtivamente na Cidade da Prefeitura Oeste era bastante fácil.

Entrar furtivamente na cidade interna?

Esse era o lugar onde os membros do clã Ji viviam. Quão excessivamente rígida seria a segurança desse lugar?

Hu!

Um momento depois.

No ar acima da Cidade da Prefeitura Oeste, Serpente Alada voou alto para o céu enquanto ao mesmo tempo, usando sua habilidade natural de controlar água; rapidamente criou uma grande quantidade de neblina e nuvens com a umidade no ar. A neblina cercou a área próxima e ele olhou secretamente dos céus, observando cuidadosamente todos os lugares.

Depois da meia-noite.

Ning estava sozinho no Castelo do Dragão. Hoje era o dia para sua batalha da jaula a cada três dias.

— Jovem mestre.

— Jovem mestre.

Os cavaleiros de armadura negra e alguns servos do Castelo do Dragão eram extremamente respeitosos a ele.

Seu pai era o especialista número um do clã Ji! E ele próprio era extremamente talentoso, tantas pessoas já começaram a acreditar que… Ning seria o próximo Lorde da Prefeitura. Podia-se imaginar quão elevado era seu status.

— Preparem o monstro mais formidável. — Ning riu e gritou.

— Recentemente, foi entregue um monstro poderoso. Foi trazido a nós pelo Comandante Peixe Cego. Ele tem a linhagem dos Demônios Divinos. — Um velho com um braço gritou alto.

— Um monstro com a linhagem dos Demônios Divinos? — Ning revelou um pouco de deleite em seu rosto. — Excelente. Hoje serei capaz de ter uma luta divertida então. Rápido, preparem-o para ser enviado à jaula.

— Tudo bem.

O velho com um braço foi fazer os arranjos.

Castelo do Dragão era dividido nas jaula e nos túneis das bestas. Naturalmente, os túneis era onde viviam os monstros, todos mantidos em cativeiro aqui.

Roaaar!

A enorme serpente vermelha enrolada em correntes, ao ver o humano na grande jaula, soltou um rugido profundo e zangado.

— Continue gritando. — O velho com um braço zombou friamente. — Você comeu tantos humanos. Hoje é o dia da sua morte. Vão. Abram o portão e liberem as correntes… deixe-a entrar na jaula.

— Sim, senhor.

Os servos que tinham sido instalados aqui para o propósito de cuidar dos monstros foram fazer os arranjos.

Rumble.

Depois de abrir o portão entre a jaula e os túneis, uma fraca luz cintilante pôde ser vista de longe. A gigante cobra vermelha olhou instantaneamente e começou a rosnar.

— Liberem as correntes. — O velho com um braço ordenou.

Clank.

Clank.

Uma corrente atrás da outra foi liberada. Sentindo as camadas de correntes em seu corpo afrouxar rapidamente, ela não pôde deixar de começar a se mexer, fazendo as correntes chocarem umas com as outras. Depois que a última foi liberada, com um som estridente, os aparatos das correntes cairam no chão com um som alto.

A cobra vermelha olhou friamente para o velho com um braço e depois deslizou em alta velocidade para fora dos túneis em direção ao lugar que tinha sido aberto para ela. Ela rapidamente chegou na jaula.

Dentro da enorme jaula…

Um jovem vestido em peles, de lábios vermelhos e dentes brancos olhava para ela de longe. A saliva da cobra vermelha instantaneamente começou a pingar. Dada a extensa experiência de comer humano que tinha, teve a sensação súbita… que a carne desse tipo de jovem humano era definitivamente a mais macia e mais deliciosa de todas elas.

 


 

Se gostou do capítulo e deseja apoiar a equipe do Templo Oriental, clique aqui, solucione o captcha e aguarde 8 segundos. Se quiser saber mais, basta acessar a página Formas de Apoio. Além disso, comente; amamos ler os comentários!

 

Anterior | Índice | Próximo