Desolate Era – Livro 9, Capítulo 217 – Impossível Esquecer

Anterior | Índice | Próximo


 

Ji Ning não sabia que Nove Lótus tinha vindo até sua casa logo depois que ele saiu. Naquele momento, ele estava em uma jornada com o seu irmão marcial júnior, Tio Branco e Qingqing para capturar alguns criminosos.

Graças aos relatórios da equipe de investigação, os quais foram dados pela Guarda Dragão da Chuva, depois de pouco mais de um mês vagando por várias regiões, o grupo de Ning chegou até o local onde um cultivador maligno, conhecido como Adepto Chifre Negro, estava se escondendo. Ele usava um “Rei Feto Fantasma” para batalhar, e ninguém nunca foi capaz de vencê-lo.

Porém, para sua infelicidade, encontrou o grupo de Ning desta vez.

Primeiro, o Tio Branco, sorrateiro, estabeleceu uma formação, fazendo com que o Adepto Chifre Negro não tivesse para onde correr. Em seguida, o resto do grupo apareceu. Ning sequer precisou lutar, ele deixou Mu Filho do Norte mostrar suas “Serpentes Demoníacas Devoradoras do Céu” e usar suas construções para destruir o Rei Feto Fantasma. Sem a proteção dele, o Adepto Chifre Negro foi jogado em um estado de terror no mesmo instante e foi facilmente morto.

— Irmão marcial júnior, seu poder aumentou muito — elogiou Ning. — Você foi capaz de matar este maldito com tamanha facilidade.

— Hehe — Filho do Norte coçou a cabeça — Estou no pico do nível Wanxiang, afinal, e minhas Serpentes foram muito aprimoradas depois que consegui alguns materiais na Montanhas dos Tesouros Celestiais, por isso que o poder aumentou consideravelmente.

Ning entendeu. As Construções do Dao necessitavam de quantidades significativas de recursos e itens preciosos.

— Vamos, é hora de irmos até o próximo criminosos. — disse Ning.

— Com quatro Adeptos Wanxiang trabalhando juntos, derrotar esse tipo de criminoso vai ser mamão com açúcar. — Qingqing, ali perto, também tinha um sorriso sarcástico. Quanto ao Cão Água Branca, ele continuava em silêncio, sorrindo.

Swoosh! O navio com cabeça de dragão partiu aos céus mais uma vez, e o grupo de Ning embarcou em uma nova jornada. Eles iriam atrás do Adepto Qiandou, o próximo criminoso!

Não importava o quão bem se escondessem, ainda não podiam se esconder dos olhos e ouvidos da Guarda Dragão da Chuva. A menos que, é claro, fossem como Ning, que podia se esconder dentro de sua propriedade aquática. Quanto aos outros, contanto que ainda estivesse neste mundo, controlado pela Grande Dinastia Xia, seria impossível escapar do ataque da Guarda.

— O Adepto Qiandou se escondeu bem longe mesmo. Este lugar está a três milhões de quilômetros da Cidade das Águas Calmas e pode ser considerado um dos remansos mais distantes de todo o Território das Águas Calmas. Se ele fugisse para mais longe, teria saído do domínio.

— Se isso tivesse acontecido, a perseguição não caberia à nossa divisão.

O grupo de Ning conversava na formação de teletransporte da Montanha do Dragão Carmesim.

Whoosh! Dentro da Cidade Dongyu, a três milhões de quilômetros, outra formação, a mais de trezentos metros de altura, se acendeu. Ning, Filho do Norte e os outros apareceram dentro dela.

— Meus cumprimentos, Guardas Dragão da Chuva. — Um idoso curvou-se respeitosamente. Havia seis Discípulos Zifu e um grupo de especialistas Xiantian, e eles mostravam um respeito incomparável. Ning olhou para todos.

A Cidade Dongyu era um território onde a Grande Dinastia Xia tinha exércitos estacionados, muito semelhante ao que era na Montanha da Andorinha.  A única diferença era que, dentro desta cidade, havia uma pequena formação de teletransporte para a Guarda Dragão da Chuva! Os pântanos selvagens das Montanhas Prisão eram uma zona de grande perigo, por isso que Daoístas Primordiais e Imortais Resolutos ficavam de guarda, mas a Cidade Dongyu era um local bem comum, tendo apenas Discípulos Zifu presentes.

— Mmm. — Ning assentiu — Irmão marcial júnior, vamos. — Ele não conversou com aquelas pessoas; embarcou no navio com cabeça de dragão e subiu aos céus. A partir das informações mais recentes da Guarda Dragão da Chuva, o Adepto Qiandou estava dentro de uma cordilheira antiga, localizada a algumas dezenas de milhares de quilômetros da Cidade Dongyu.

O grupo de Ning o procurou com atenção. Foi então que, à noite:

— Lá está ele. — Ning, em cima do navio de guerra, em meio ao céu noturno, estava usando o seu sentido divino sobre toda a área, a um raio de trezentos quilômetros.

Então, de repente, descobriu que, dentro daquela montanha, havia uma cidade muito bem protegida. Ela era guardada por uma formação que impedia a visão. Não seria possível localizá-la a olho nu. Felizmente, Ning tinha o sentido divino, pois precisaria de meses até conseguir encontrá-la caso não tivesse.

— É uma cidade enorme. — Seus olhos brilhavam com intenção assassina

— Onde? — perguntou Filho do Norte.

— Logo abaixo. — disse Ning — Vamos, me sigam.

Ele saltou, e quando o fez, uma espada apareceu sob seus pés, cortando o ar enquanto voava para baixo. O Cão Água Branca e o Filho do Norte foram logo atrás.

Enquanto desciam, Ning apontou para a distância e disse:

— Parem.

Um córrego de água apareceu do nada. Ele se movia ao redor de uma formação de bandeira, parando logo em seguida. No mesmo instante, todo o cenário em um raio de dez quilômetros começou a se contorcer e mudar. As montanhas selvagens, que antes pareciam comuns, desapareceram, transformando-se em uma enorme cidade, repleta de escravos, os quais exerciam um trabalho pesado, como carregar pedras, construir muralhas ou cortar madeira da área ao redor para reforçar ainda mais a cidade.

— Isso é mesmo… — Ao ver a cidade que apareceu do nada, Filho do Norte ficou sem palavras.

— Uma extravagância desnecessária. — disse Ning, frio.

— Ele é um cultivador de artes más. Entendo o fato de massacrar civis para completar suas técnicas más, porém, por que fez com que construíssem essa cidade para ele? E por que fazê-los trabalhar tanto? — O Filho do Norte logo foi capaz de ver que aquelas pessoas estavam sob uma enorme pressão enquanto construíam a cidade, tanto que alguns trabalhavam até a morte.

Ning não disse uma palavra sequer. Pelo fato de o seu sentido divino cobrir toda a cidade, conseguiu sentir o desespero, agonia, dor e cansaço de todas aquelas pessoas com facilidade! Era um tipo de cansaço que vinha do mais puro desespero. Além disso, alguns deles tinham uma quantia infinita de ressentimento em seus corações. O ódio deles era tão forte que o sentido divino de Ning conseguia percebê-lo com facilidade.

— É um inferno! — De repente, subiu aos céus e se transformou em um feixe de luz, ficando no ar sob a cidade do sofrimento. Um enorme Lótus de Chama da Água girava ao seu redor.

A luz do Lótus era muito chamativa durante a noite, fazendo com que, no mesmo instante, todos aqueles que estavam trabalhando pesadamente levantassem a cabeça, vendo o enorme Lótus de Chama da Água sobre eles e uma forma, pequena e frágil.

— Qiandou, seu maldito demônio, venha logo aqui, é hora de morrer! — Ning deu um rugido explosivo, o qual trovejou e ecoou por toda a cidade.

— Ah!?

Boom

BOOM!

Todos os especialistas Xiantian, selvagens e sedentos por sangue, que cuidavam da cidade, começaram a gritar, agoniados. Sangue jorrava de todos os seus orifícios, e eles morreram. Eram os discípulos do Adepto Qiandou e tinham o apoiado em seus feitos malignos.

O sentido divino de Ning foi capaz de perceber que todas essas pessoas estavam cercadas por uma terrível aura de pecados. Pessoas comuns seriam cercadas por uma aura clara de carma positivo ou por uma de pecados. O fato de estarem assim significava que suas maldades já tinham chegado a níveis altos. Contra esses malfeitores pecadores, Ning usou sua Arte Abaladora de Alma, pois a diferença de poder entre eles era enorme, e todos morreram logo, com sangue saindo de seus orifícios!

— O quê?

— Como aquele maldito demônio…?

As pessoas estavam perplexas. Aquelas aterrorizantes formas de vida Xiantian, que sempre pareciam ser incomparavelmente ferozes, morreram. Os escravos não conseguiam acreditar no que viam.

Naquele momento…

— Posso perguntar quem seria o amigo Daoísta!? — Um homem de roupas e barba branca apareceu em pleno ar de repente, olhando para Ning, que estava longe. Ning fazia o mesmo, sem medo de que ele fugisse.

Isso porque, quando agiu, o Tio Branco já tinha estabelecido uma formação de trancamento do espaço em segredo.

— Qiandou, demônio maldito, vejo que tem alguns da mesma raça com você. — Ning olhou para um palácio distante. Havia alguns Discípulos Zifu na entrada; sem dúvidas que eram os discípulos dele.

— Me atrevo a perguntar, quem é você, amigo Daoísta? — O maldito demônio, Qiandou, mantinha o sorriso no rosto.

Ning, cercado pelo Lótus de Chama da Água, olhava para baixo, em direção à paisagem infernal, então disse, suave:

—  Depois que morrer e for para o Reino do Submundo, será atormentado pelos dezoito níveis do Submundo. O sofrimento de todas essas pessoas, as quais foram torturadas sem parar, será mil vezes pior para você.

— Morrer? — Adepto Qiandou balançou a cabeça — Contanto que eu me torne um Imortal da Terra, mandarei uma parte da minha alma verdadeira para o Reino do Submundo. Pela minha destreza como um Imortal, me tornarei um Imortal Fantasma. Por que deveria temer o sofrimento?

— Imortal da Terra? — Ning olhava para ele com frieza — Espere para agonizar no décimo oitavo nível do Submundo. Pela quantidade de pecados que cometeu, acredito que não será capaz de aguentar muitos anos até que sua alma entre em colapso.

A quantidade de pecados que ele cometeu ia muito além da de Bei Zishan. O corpo do Adepto Qiandou não estava cercado por uma aura imunda, mas sim por uma luz de sangue, extremamente chamativa, capaz de fazer o coração fraquejar! Esta quantidade de pecados era aterrorizante.

Assim que Ning disse aquilo, o Adepto Qiandou rugiu, furioso:

— Eu acredito que você será aquele a morrer!

Whoosh. Uma enorme pupila de sangue apareceu sobre a sua cabeça. Aquele olho, repleto de pecados e maldade, olhava para Ning, e, então… boom! Uma poderosa luz vermelha foi disparada na direção da alma de Ning.

— Uma formiga que deseja balançar uma árvore. — Dentro da mente de Ning, a imagem divina da Mãe Nuwa apareceu. Ela estava em pleno ar, emitindo uma aura de luz. Assim que a aura sangrenta a tocou, foi destruída como neve diante do sol, transformando-se em nada.

— Nada bom. — O rosto do Adepto Qiandou mudou, ele se virou, apressado, querendo fugir.

Foi neste momento que Ning gritou:

— MORRA!

O seu poderoso sentido divino formou uma poderosa onda, esmagando a alma do Adepto Qiandou, fazendo-o se sentir tonto e desorientado. Ning apontou para ele com um único dedo, e, ao redor do corpo do Adepto, um Lótus de Chama da Água apareceu do nada, deixando-o confuso e incapaz de revidar. O Lótus começou a girar, transformando-o em um amontoado de carne e sangue.

— O quê!?

— Fujam!

Os cinco Discípulos Zifu, diante do palácio, ficaram incomparavelmente aterrorizados. Todos acompanharam o Adepto Qiandou em vários feitos malignos, e a aura manchada por pecados já os seguia há tempos. Ning apontou para eles de longe, e várias Lótus de Chama da Água começaram a florescer, brilhando com uma luz sagrada à medida que os esmagava.

Todos foram mortos de uma só vez.

Quanto ao Filho do Norte e ao Cão Água Branca, ambos se aproximaram, mostrando alguma alegria enquanto olhavam para as várias pessoas oprimidas.

— Como ele foi capaz de fazer algo assim? — O Filho do Norte suspirou.

O oponente possuía o Olho do Demônio do Inferno Sangrento, sendo muito capaz de lidar. Ning tinha uma alma poderosa, além de também possuir um ataque de vontade divina. Era o adversário perfeito para ele. Por isso tinham planejado desde o começo em deixar Ning lutar sozinho.

— Há gentileza neste mundo, mas também há maldade, irmão marcial júnior. — disse Ning, calmo.

— Agora que nós completamos as nossas missões, o que faremos em seguida? — Filho do Norte olhou para ele.

Ning ficou surpreso. Em seguida? No mesmo instante, três nomes, encharcados de sangue, emergiram das profundezas da mente de Ning de repente. Dong Sétimo! Yu Dong! Shui Yi! Ning nunca se esqueceu deles. Esses três nomes eram como ferro quente marcado em sua alma. As pessoas mais importantes de sua vida — sua mãe e seu pai — morreram por causa deles!

De repente, uma onda de emoção tomou conta de seu coração. Matar! Matar! Matar! Quando Ning desenterrou esse assunto do lugar onde tinha enterrado em seu coração, se encheu de ódio e desejo de matar. Esses três eram as pessoas que ele mais odiava no mundo!

— Agora… — disse Ning, baixo — vou me vingar!

— Se vingar? — Filho do Norte ficou confuso — De quem?

— Daqueles que mataram os meus pais! — disse Ning, devagar.

Ao ouvir aquilo, o rosto do Filho do Norte mudou de súbito. Qingqing baixou sua cabeça de serpente, pressionando contra o braço de Ning, como se o consolasse. Quanto ao Cão Água Branca, ali perto, apenas o encarava em silêncio, e seus olhos mostravam o mesmo desejo. Afinal de contas, ele tinha testemunhado todo aquele pesadelo pessoalmente.

— Não posso compartilhar o mesmo céu com aqueles que assassinaram os meus pais! — disse Ning.

 


 

Se gostou do capítulo e deseja apoiar a equipe do Templo Oriental, clique aqui, solucione o captcha e aguarde 8 segundos. Se quiser saber mais, basta acessar a página Formas de Apoio. Além disso, comente; amamos ler os comentários!

 

Anterior | Índice | Próximo